DESCRIÇÃO

Descrição

A Teràpia Estructural nasce no início da década de 1980 com Jaume Puig i Lago (1.930 a 2.012). Quem, movido pela necessidade de encontrar soluções que a medicina oficial não dava aos problemas físicos de um dos seus filhos e as enxaquecas da sua mulher, começou a visitar vários curandeiros. O primeiro dos quais foi o Sr. Joan (de quem só sabemos o nome próprio).

Algum tempo depois, conheceu quem realmente o ajudaria fazer a diferença na sua vida, o curandeiro do Empordà (Girona), Marcelino Roca e Giró (1923-2005). Tal como lhe tinha anunciado, usando apenas as mãos, e num período de um mês, conseguiu curar as enxaquecas que fazia anos sofria sua mulher.

Este facto despertou-lhe o interesse por este método, com o qual de uma maneira tão simples tinha resolvido o problema. Marcelino o aceitou como aprendiz, e com a boa intenção e simplicidade que o caracterizava, transmitiu-lhe os princípios e conhecimentos que ele tinha. Tarefa que não foi fácil, já que como no caso da maioria dos curandeiros da zona, não havia nenhum tipo de formação nem método concreto para transmitir. Muitos deles tinham aprendido por transmissão oral dentro da própria família ou por algum conhecido próximo. E mesmo, em alguns casos, era o que se conhece como ter um dom ou inspiração superior, o que se confirma em que costumavam ser pessoas profundamente crentes em Deus.

Em pouco tempo, Jaume Puig começou a trabalhar em seu novo projeto e foi dando-lhe forma. Por aquelas datas ainda não tinha nome, mas sim muito bons resultados e um número crescente de clientes.

Foi em 1989 que o seu filho, Jordi Puig, começou a aprender a nova técnica. Jordi foi quem, em 2016, deu a este método o nome de Teràpia Estructural. Em 2017 ampliou o protocolo, complementando o trabalho físico com o trabalho emocional.

Depois de anos de desenvolvimento, em 2017 começaram as primeiras formações, com a intenção de colocar ao alcance de todos uma ferramenta simples, econômica e resolutiva. Recordando conhecimentos tanto antigos que se perdem na origem dos tempos e que com infinidade de formas, mas sempre com o mesmo fundo, acompanharam a humanidade desde seus primórdios em todos os rincões do planeta.

Quando sofremos fadiga, desânimo ou enfermidades físicas tais como ciática, lombalgia, dor de rins, dor de costas, dor cervical, dor de cabeça, enxaqueca, vertigem ou fibromialgia, geralmente encontramos um desequilíbrio da coluna vertebral. Os nervos de todo o corpo se conectam ao cérebro através da medula espinhal. Por esta razão, quando se produz um desvio das vértebras, como é o caso da escoliose, cifose ou lordose, o sistema nervoso deixa de funcionar correctamente e podem produzir-se incómodos em qualquer parte do corpo. A Teràpia Estructural I favorece o equilíbrio da estrutura do corpo ajudando o sistema nervoso a trabalhar sem interferências.

Por outro lado, os temas emocionais como os bloqueios herdados, padrões familiares, fobias, filias, duelos não concluídos, traumas ..., sejamos conscientes ou não, ao longo dos anos, converteu-se numa carga que acaba nos bloqueando tanto a nível físico como emocional. A Teràpia Estructural II trabalha o não-consciente, liberando os bloqueios emocionais, permitindo à pessoa expressar seu potencial.

Este método não invasivo é compatível com qualquer tratamento médico ou farmacológico.


Dividimos a formação em dois módulos, igualmente importantes e necessários para poder oferecer um serviço completo.

Os alunos que completaram o primeiro módulo trabalham em equipe com um aluno que já fez os dois módulos.

.


Com este logotipo identifica-se o profissional do bem-estar que realizou o Módulo 1 de Terapia Estrutural. Com o Módulo 1 de Terapia Estrutural se trabalha em escala energética sobre o corpo físico, ajudando-o a retornar ao equilíbrio natural e favorecendo o bom funcionamento do corpo.
Com este logotipo identifica-se o profissional do bem-estar que realizou o Módulo 1 de Terapia Estrutural. Com o Módulo 1 de Terapia Estrutural se trabalha em escala energética sobre o corpo físico, ajudando-o a retornar ao equilíbrio natural e favorecendo o bom funcionamento do corpo.
Com este logotipo identifica-se o profissional do bem-estar que realizou o Módulo 2 de Terapia Estrutural. Este módulo complementa o Módulo 1 adicionando um protocolo focado para liberar doenças emocionais. Atua em escala energética sobre o inconsciente, diluindo as emoções que bloqueiam a pessoa e melhorando seu estado de ânimo.
Com este logotipo identifica-se o profissional do bem-estar que realizou o Módulo 2 de Terapia Estrutural. Este módulo complementa o Módulo 1 adicionando um protocolo focado para liberar doenças emocionais. Atua em escala energética sobre o inconsciente, diluindo as emoções que bloqueiam a pessoa e melhorando seu estado de ânimo.
Com este logotipo identificam toda a informação, eventos e formações originais de Terapia Estrutural. Por outro lado, é o utilizado pelos profissionais do bem-estar que, depois do estágio, passam a fazer parte da nossa equipa.
Com este logotipo identificam toda a informação, eventos e formações originais de Terapia Estrutural. Por outro lado, é o utilizado pelos profissionais do bem-estar que, depois do estágio, passam a fazer parte da nossa equipa.